EN PT

Artesãos

01

Introdução

O Início

A minha família mexe no barro há pelo menos 140 anos e compete-me a responsabilidade de descrever a forma como todos trabalhamos. A antiga aldeia de oleiros de São Teotónio na costa alentejana foi o berço do desenvolvimento desta arte durante muito tempo, havendo ainda a nossa olaria e a de um grande amigo que infelizmente já partiu, mas que deixou um verdadeiro conjunto de peças de arte. O meu pai também já não pode trabalhar mas oferece a sapiência de muitos anos a mexer no barro de forma que seja possível continuar com este projecto – A Olaria da Maria.

olga-serjantu-JGbf2652CjE-unsplash

…do chão se tira a terra da qual se prepara o barro que oferece estas peças de arte…

No passado ano de 1993 os meus pais abriram uma loja de artesanato no Cercal do Alentejo para o meu pai se “entreter” porque se tinha reformado e não podia estar “sem fazer nada” no inverno e tinha que vender a louça que fazia durante os meses de verão. Assim, lá se abriu a dita loja e começamos a vender a louça do meu pai. Mas os clientes procuravam também “coisas novas” e houve a necessidade de começar a comprar louça por outras paragens que não podia ser feita em fornos a lenha…sim, o nosso forno é a lenha…e demora 20 horinhas a cozer as pecinhas que lá metemos…já vos explico mais adiante como fazemos isso.

02

No começo

03

o legado

Algum tempo depois...

No dia 4 de Agosto de 2005 e após fazer muitas, muitas pecinhas de louça, houve a possibilidade de abrir uma loja em Porto Côvo e começar a vender as nossas pecinhas e as pecinhas do maior centro oleiro do nosso Portugal – São Pedro do Corval. A originalidade das peças criadas em conjunto com os obreiros da arte oleira de São Pedro do Corval oferece a beleza sempre presente e sempre esperada dos clientes que entram no nosso pequeno espaço na Rua do Mar, em Porto Côvo.

almira-Y4-m-kxtyvg-unsplash

…Para que não se perca a tradição…

A loja do Porto Côvo não foi devidamente referenciada nem promovida nos últimos anos, havendo muitas pessoas que desconheciam a sua existência e ficavam quase chateadas de não lhes dizermos nada sobre a nossa existência. Naturalmente que o facto da presença no mundo virtual oferece uma visibilidade diferente à nossa arte e conduz os nossos clientes a um conhecimento mais pormenorizado da arte oleira alentejana e de outras coisinhas também muito curiosas e úteis para o nosso bem estar.

04

estratégia

05

Agradecimento

Um grande obrigado...

Actualmente a loja apresenta um conjunto de peças que figuram na fronteira entre o artesanato e a arte, algumas mais humildes e com a simplicidade da sua utilização diária e todo um mundo de novidades permanentes desenhadas por nós e tornadas realidade pelos fantásticos oleiros e pintores de São Pedro do Corval. Tornou-se obviamente necessária a mostra e disponibilidade de mais algumas peças fora do universo da olaria mas que marcam a nossa história e que actualmente não são muito vistos nem usados regularmente – panelas de ferro, cocharros em cortiça, cestas de vime, cadeiras de palhinha, cajados e outras preciosidades. Por outro lado, também se tornou necessário mostrar saberes antigos associados a designs contemporâneos através não só da louça, mas também de outras peças verdadeiramente interessantes disponíveis naquela loja meio escondida no Porto Côvo a caminho da praia… sejam bem-vindos e desfrutem…

mehrad-vosoughi-1E5XakhWNOw-unsplash
Shopping Cart
0
Your Cart is empty!

It looks like you haven't added any items to your cart yet.

Browse Products

Seleccione um ponto de entrega